Resumo Petisco da Vila
O mais famoso dos bares de Vila Isabel começou sua história em 1969, em um espaço de 12 metros quadrados. Atualmente, ocupa uma área 100% maior e continua como ponto de encontro de bambas do samba e torcedores do Maracanã. O pé-limpo que já passou por algumas reformas exibe uma bancada de tira-gostos - disponível a partir das 18h - de dar inveja a qualquer botequim. Tremoços, azeitonas pretas e picles dividem espaço com petiscos mais refinados, como presunto de Parma e carpaccio de salmão. Iguarias da baixa gastronomia como ossobuco com torradas, pé de porco e ovos coloridos não ficam de fora do cardápio. O chope é armazenado em um barril na temperatura de 5ºC e chega à mesa estupidamente gelado. A casa também tem uma cachaça de fabricação própria. No fundo, cinco tonéis de carvalho francês guardam a água ardente produzida há mais de dois anos. De segunda a quinta-feira, o Petisco aposta em uma programação musical que começa às 19h e vai até 22h30m.
Petisco da Vila