Resumo Bar do Sérgio
Foi por ali que o Centro da cidade começou a crescer. E quem sobe hoje o Morro da Conceição acha mesmo que o tempo parou naquele lugar. No Bar do Sérgio, orgulho dos moradores locais, às segundas-feiras saem pastéis de queijo, carne, frango com Catupiry, camarão e palmito. Mas a maioria dos fregueses vai até ali mesmo é para tomar uma cerveja de garrafa bem gelada, que pode ser Brahma, Antarctica, Skol ou Bohemia. Há ainda cachaça e vodca, usadas geralmente nas caipirinhas. Aberto na década de 70, o bar preserva os hábitos dos donos espanhóis e, nos dias de semana, fecha durante a tarde para a sesta.
Bar do Sérgio