Resumo Miss Tanaka
O ambiente é colorido, com imagens de santos, papéis de parede que mais parecem fotomontagens, e objetos decorativos inusitados que em nada lembram um restaurante asiático. Eis a graça do restaurante de Graça Tanaka, que mudou do Horto para o Leme e trouxe consigo um jeito kitsch de ser - e comer. Entradinhas como lulas recheadas com shimeji e pastéis de tapioca com cogumelos e filé mignon são alguns dos ingredientes da receita de sucesso que a empresária também adotou no cardápio de seu bar da Graça, no Horto.
Miss Tanaka