Resumo Galeria 1618
Misto de bistrô, galeria e livraria, o local foi inaugurado em dezembro de 2006 pelo tunisiano Stéphane Haddad e pela francesa Claude Laliãvre. A fachada déco, o ambiente repleto de livros e obras de arte, além da programação musical da casa chamam a atenção dos frequentadores. Na cozinha, o chef Stephanne faz um mix das culinárias francesa e mediterrânea, com nuances do tempero africano. Uma de suas criações é o cuscuz tunisiano, feito com sêmola de trigo cozido no vapor, aipo, cenoura, nabo, batata, paleta de cordeiro e ervas. Outras sugestões são os crepes de trigo sarraceno e o cassoulet, que leva magret de pato e carne de porco. Alguns ingredientes utilizados no preparo dos pratos são comprados em viagens a Paris. É o caso da harissa, pasta de pimenta usada na composição do molho rabiata ou mesmo na receita do cuscuz marroquino.
Galeria 1618