Resumo Fellini
Cardápio variado, ingredientes selecionados e receitas criativas ajudaram a construir a boa reputação do restaurante a quilo que funciona numa casa de esquina no Leblon desde 1993. São mais de 30 tipos de saladas, 28 opções de pratos quentes, bufê japonês e sobremesas que dão água na boca. Além dos pratos triviais, é comum esbarrar com outros pra lá de sofisticados, como o vol-au-vent de camarão e cream cheese. Durante a noite, uma mesa de queijos, frios e antepastos faz a alegria de quem chega para o jantar. Não deixe de pôr no prato o delicioso salpicão de presunto, sempre fresquinho, ou a salada waldorf com maçã verde, aipo, nozes e creme de leite. Adiante, garanta o seu filé mignon altinho, de consistência tenra, com molho funghi. Para encerrar, não se arrependerá se provar o papo-de-anjo ou a torta alemã. O salão é enfeitado com pratos decorativos e máscaras compradas em viagens por Nelson Laskowsky, proprietário do restaurante.
Fellini