Resumo Palaphita Kitch
Foi inspirado na Amazônia, onde estão suas raízes, que o empresário Mário Andrade estruturou o projeto do Palaphita Kitch. Às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, na altura do Corte do Cantagalo, o restaurante tem uma cozinha que privilegia os ingredientes nativos da região. O jambu, o tucupi, a mangarataia, o maracujá-do-mato, o camu-camu, o cupuaçu, o ingá, a macaxeira, o coalho, o tambaqui, entre outros, são apresentados sob a ótica do restauranteur e proprietário em receitas próprias, com inspirações indígenas, ribeirinhas, caboclas e internacionais. Um dos carros-chefe é o sanduíche ninja, preparado no pão italiano, recheado com lascas de carne, cogumelos, queijo, cebola roxa, alho-poró e pimentões vermelhos e amarelos. Como tira-gosto a casa recomenda o tambaqui com alfavaca sobre dois molhos de chutney: o negro de açaí e o amarelo de cupuaçu. Do cardápio etílico, a casa recomenda o drink Gabi - carambola aromatizada com manjericão ou poejo, que pode levar vodka, cachaça ou saquê - receita exclusiva dada a Mário pela amiga Marília Gabriela. Reproduzindo um ambiente amazônico, com peças de pau-a-pique, sapê e piaçava nativa - iluminadas pelo fogo de tochas - o restaurante dispõe de recipientes da cultura amazônica, como cuias de cabaça, gamelas de madeira, bacias e pratinhos de alumínio e tampo de cestos indígenas. Coqueiros estrategicamente posicionados proporcionam um clima aconchegante. Mesas, sofás, bancos e banquetas com design rústico e assentos de palha proporcionam ao visitante uma sensação de estar em meio à floresta. Aos domingos, serve brunch, das 10h às 14h.
Palaphita Kitch